Acerca

Retrato miguel proença fotógrafo por H. Calvet
acerca – retrato de Henrique Calvet

Acerca · Percurso · Biografia · Site · Contacto

É um fotógrafo que vive e trabalha em Portugal (Lisboa, Tavira, Porto entre outros). O seu seu trabalho concentra-se em questões que lhe são próximas, neste momento, em particular, as questões de ordenamento de território agrícola e florestal no Algarve. Acerca do seu processo de  trabalho em fotografia, parte geralmente de um ponto de vista documental que é posteriormente submete a um processo de “tornar estranho”, acedendo com frequência a diversas estéticas, nomeadamente a surrealista e a formalista. O seu trabalho assenta também numa abordagem colaborativa ao processo criativo. O trabalho profissional com base em encomendas tem vindo a especializar-se também na reprodução de obras de arte, arquitectura e retrato, com finalidades editoriais, entre outras, em formato digital e analógico (grande formato p&b). Algumas amostras das publicações onde figura o seu trabalho podem ser encontradas nos arquivos da Biblioteca Nacional.

Após um contacto e uma formação inicial entre 1977 e 1985, é em 1997 que se decide por esta via – a fotografica – de expressão. No período 1998-2001 estudou fotografia documental, câmara escura e linguagem fotográfica em Milão na John Kaverdash School e no Círcolo Filológico Milanese. Ainda em Milão, desenvolveu um projecto de fotografia de rua para as capas e o interior da revista Milano Free Magazine (2000-01). Outros projectos deste período incluíram a Feira de Sinegallia (1998-1999), as Artes da Ria (1999) e o início do projecto Alqueva (2000-2004), tendo os últimos chegado ao formato de livro.

Em Portugal a partir de finais de 2001, concluiu uma pós-graduação em Estudos de Fotografia (IADE, 2003-05) e o mestrado em História de Arte da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (U. Nova, 2007-10) e actualmente frequenta o doutoramento na Faculdade de Belas Artes (UL, 2010–). O objectivo deste percurso académico tem sido o de acompanhar a prática fotográfica com algum desenvolvimento teórico. Actualmente a acrecentar trabalhos académicos à Academia.edu.

Como resultado prático desta opção, tem vindo a explorar outras vertentes da fotografia, além da documental, Projectos inseridos neste percurso de procura abordaram outras questões pertinentes, como o conceito de “Ostranenie”, em O existente, o encenado e o “estranhado” (2006) e em Árvores Estranhadas (2005). Em Domingo à tarde (2006), no contexto do colectivo de fotógrafos eyeyeye, o conceito de “estranhado” continua, desta vez através da cópia criativa de uma obra de Leonardo, que incluiu montagem digital e encenação. 

Contactos
info@xn--miguel-proena-tgb.com

Acerca do site – miguel-proença.com (xn--miguel-proena-tgb.com)
Sobre o nome do site, em Português, a escolha, logo que possível, tornou-se óbvia e o inicial miguelproenca.com abandonado em favor do xn--miguel-proena-tgb.com (miguel-proença.com) logo que possível (2013). A Língua Portuguesa tem sido discriminada de uma forma inqualificável na internet e a escolha deste nome – Português – é contraria a esse dinâmica colonizadora. Caberá aos utilizadores falantes de Português preferir a língua quando possível.

O site é dedicado apenas a trabalho pessoal em fotografia, desde o do foro documental de longa duração e o retrato contextual ao de trabalho de autor mais experimental em áreas de retrato, multimédia e reportagem. E então dedicado à apresentação do trabalho pessoal de fotógrafo em formato de portefólio. Assumindo a clara diferença entre visionar fotografia em formato digital e em prova impressa, o site passa a ter alguns automatismos básicos, como a apresentação deportefólios e outros conteúdos como um diaporama. Serão também acrescentados de forma gradual,conteúdos desde 1979, ano em que o autor se começou a dedicar à fotografia.

O trabalho de encomenda poderá ser disponibilizado sob consulta.

‣ Versão deste artigo em: en ‣